Café

Café

terça-feira, 21 de fevereiro de 2012

Saudade

De repente o dia ficou cinza , sem graça, com jeito de estar querendo chover.
Corri na cozinha para fazer um chá e coloquei uns biscoitinhos amanteigados num pratinho , para me servir à mesa.
Comecei a recapitular o que preciso fazer amanhã, último dia de feriadão em casa e me lembrei do dicionário da Nandinha.

Nandinha é minha afilhadinha e tô devendo um dicionário lindão a ela .
Daqueles com ilustrações bacanas de algumas palavras.
Letras grandes, coloridas, com significados simples a ponto de uma criança entender .
Revirei alguns sites de Mega Stores em busca de um que se enquadrasse neste conceito  e imprimi o boleto do bendito.
Amanhã cedo pago o boleto e aguardo sua chegada que para minha alegria saiu com frete grátis (hehehehhe).

Pois bem, 
essa coisa de me debruçar no netbook em busca de um bom dicionário infantil me deixou assim, com um quê de nostalgia\quase tristinha .
Dicionário é daqueles livros que mexem com a Madame.
Gosto das palavras, gosto tanto que um livro onde se explica o significado delas tinha mesmo que me deixar assim : "chorantemente" emotiva.

Estou curiosa para o dicionário da Nandinha chegar .
Curiosa para vê-la rasgar o pacote.
Curiosa para também fuçar o livro da menininha.

Que ilustração eles devem ter feito para a palavra
SAUDADE ?

Como explicar o que é saudade, hein ?

Tô sentindo ela tão latente, tão doída, tão sofrida e ainda assim não saberia ilustrá-la.

Pulemos esta parte, né queridos ?

Melhor voltar ao chá .

Alguém aceita dividir o chá com a Madame ?
Tem biscoitos amanteigados e geléia.

Saudade ... enfim ...
Sinto mesmo.




Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentários para Madame Sucralose